sexta-feira, 3 de julho de 2009

Apenas um comentário

Abro um parêntese nesta casa de pesquisas para responder ao post do colega de desventuras, Sr. Cloaca News: Blogs são maniqueístas - diz jornal Valor Econômico, citando o Cloaca News. Como se sabe estamos há certo tempo unidos virtualmente para pesquisar temas em comum. Pois hoje ele nos traz a matéria do Valor em que é citado: Militantes partidários trocam as ruas pelos computadores, e que pode ser lida na íntegra naquela casa, com o bônus de ele haver incluído a "entrevista" a qual foi submetido por e-mail pelo autor da matéria. Minha resposta começou lá na área de comentários, mas migrou para cá porque minha prolixidade beira a verborragia. Perdão, Cloaca, não se pode ser perfeito em tudo, como você - mas sigo tentando.

A coisa é a seguinte.
Tirante o fato da maioria das perguntas serem do tipo Bombril, que serve para qualquer entrevistado, incluindo aí o protervo Coturno citado na roda, o show de bola foi do entrevistado. Ainda bem; não me desiludi mais uma vez. E será que preciso dizer, Cloaca, que apreciei a resposta à pergunta cujo número leva nome de música de um dos melhores e mais difíceis álbuns dos Beatles? Sem contar que trata-se de grande personagem de película? Não preciso.

Eu creio, outrossim, que somos muitos. O problema é que certas vaidades falam muito alto e isto nos torna afastados, solitários e, quando muito, ecos. Falta a estes "novos militantes", nós, um senso de coletividade que vá além da repercussão e mais ainda do, há tempos, superado senso de "web-comunidade". Falta-nos perguntas consistentes para que possamos unir-nos em respostas coesas; falta-nos compartilhamento de pesquisas porque passamos a tratar os melhores blogs como tratamos a imprensa tradicional: queremos furos, queremos o novo, queremos já, todos os dias. Entretanto, esquecemos que sem horas e horas de pesquisa não há chance. Mas quem, entre tantas tarefas diárias de sobrevivência, pode se dedicar a isto e ainda não levar nenhum tostão em troca? Quem pode pesquisar sem uma equipe nos bastidores que retire os ossos para deixar a carne limpa e mais macia antes de entregá-la? Conheço poucos. Sem contar que não há como uma única pessoa se interessar por todos os temas, ir o mais fundo possível neles e ainda manter a qualidade - e a responsabilidade - nas alturas. Há que dividir a labuta.

Talvez esteja aí o grande mérito desses web-militantes espalhados, mas aí justamente sua fraqueza. Esquecemos, na grande maioria, que é o passado que desvenda o futuro, que esclarece o presente. Opiniões e temas conscientes e comprovados como os tratados nas boas casas do ramo não podem ser nem de longe comparados ao Orkut, o imenso playcenter da web, onde tudo vale e quase nada se garimpa - sobretudo por ser fechado a quem não for "sócio", outro vício das antigas comunidades on-line que perduram nas cabeças mais duras, em nome da ordem e dos bons costumes, coisa que, aliás, não abunda naquelas plagas. Portanto somos muitos, mas espalhados. E se quiser manter a linha da matéria, somos núcleos, mas ainda sem comunicação e com estranha hierarquia. Há que se unir, não apenas ecoar. O que ainda não se sabe é como, daí as antigas formas se repetirem.

Não concordo com o termo blog anônimo. Recentemente esta foi uma discussão no Luis Nassif: A lei Azeredo e os blogs apócrifos, 24/junho/2009. Cloaca e NaMaria não são blogs apócrifos. Creio que também não sejamos anônimos; nossos blogs são nossos nomes, nossas marcas. Não fazemos apologias ao crime, não somos spammers, não desvirtuamos a honra de ninguém que propriamente já não o tenha feito. Até onde sei, pesquisamos onde já se esqueceram de pesquisar por ser terreno árido e frio. Ou simplesmente não sabem onde. Mas a bandalheira está toda lá, escrita e repetida há tempos. Somos memória revivida, somos dados históricos reunidos sob outros pontos de vista, somos novos links para o passado porque neles o presente fica (um pouco) mais claro. Nós somos a pergunta. Garantidamente aqui nunca escrevi nada que não pudesse ser comprovado e jamais escreverei, que fique claro. Daí o tamanho descomunal dos textos, coisa que requer longo tempo de leitura e reflexão igualmente longa.

Também não estou preocupada com a quantidade de visitantes, mas sim com a qualidade deles. Fico feliz em saber que os contadores desta casa acusam 47% de visitas que permaneceram a média de uma hora e quarenta minutos. Pessoas estão realmente lendo e seguindo os elos propostos pelos links. Assim, eu fico ainda mais feliz porque posso ver que foram aos links e voltaram para continuar lendo. Enviaram por e-mail. Fico maravilhada por saber que alguém do Ministério Público Federal - Procuradoria Geral da República -, da PRODAM, PRODESP, SEE-SP etc., estiveram aqui e se sujeitaram aos percursos propostos em meus textos. Da mesma maneira que me orgulho das centenas de pessoas comuns, daqui e de fora, que fizeram o mesmo. Agradeço infinitamente aos que recomendam o blog, e olha que são gentes de primeira linha, muito mais do que eu poderia sonhar atingir. Meu maior alento é saber que cada palavra aqui escrita fará parte da maior biblioteca jamais vista e que poderá, não importa quando, servir como informação para se fazer o bem a mais pessoas, não aos amigos do alheio, como é a prática em nossa depauperada, porém riquíssima, educação paulista. Era para sermos os melhores do mundo, de tanto dinheiro disponível. Mas dinheiro sozinho não serve de nada, se a vontade de usá-lo for diversa à que ele se destina.

Não tenho a ilusão de que vivemos em uma democracia plena. Pode ser que muitos possam expressar suas opiniões abertamente, dizer o que sabem sobre pessoas, fatos, instituições. Outros não. Correm risco de perseguição. Podem ser demitidos, ter suas vidas destruídas por se indignarem com falcatruas. O terreno de que trato, por exemplo, é uma usina de mordaças. Falar do cerne da Educação é mais do que proibido, pois que é podre. Como essas árvores lindíssimas por fora, mas que na ventania caem porque dentro está tudo sendo carcomido há anos e anos sem que o admirador da árvore tenha percebido, já que as folhas e as flores estavam lá. O coitado não percebeu os sinais, não soube ou não pôde ler que a desgraça estava se anunciando há tempos. Não sou anônima, quero ser a ventania no meio de vendavais.

É fácil defender em abstrato que não se deve ser anônimo, em especial para aqueles que apenas palpitam. Outra história é quando temos o que contar, temos provas - e colocamo-nas à luz do dia - do que estamos denunciando. Sabemos que sempre poderemos ser cassados, como aconteceu com o caso comentado no Nassif - o blogueiro que foi desmascarado por ele - pois na Internet todos deixamos pistas e elas podem ser seguidas, em especial pelos donos das conexões, dos servidores. Foi correta a atitude do Nassif, já que daquele poço só se retirava lixo. E será interessante ver como se limpará a web de coisas tais, sem noção, sem respeito, cheia de mentiras. Sabemos desses riscos e estamos dispostos a enfrentá-los. É melhor do que calar-se completamente e deixar a árvore cair em nosso telhado, só porque parecia bela, mas de fato não era. O que procuramos é mostrar com provas, em geral links de fontes fidedignas, o que afirmamos. Assim como damos o direito ao jornalista de não declarar suas fontes, precisamos dar o direito da fonte manter-se preservada. Quando usamos aqui o anonimato, vejam-nos como a fonte de um jornalista, só que agora não precisamos recorrer a um jornalista para denunciar as misérias que vemos e vivemos.

Interessante é que também venho sendo "entrevistada" por e-mail há alguns dias. A pessoa quer saber quem somos, nossos nomes, de onde somos... Tudo no plural, do mesmo jeito que o repórter fez ao Cloaca ao perguntar sobre a sua "equipe". Baita felicidade a minha. Mas não tenho a boa verve do Cloaca, já disse. Então respondo assim mesmo:
Sou a NaMaria, sou Internet, sou uma só; mas meu nome é Legião.

15 comentários:

  1. Carái, phia!!!Ozói marejô...

    ResponderExcluir
  2. Putaqueopariu dona namaria...emocionante.

    ResponderExcluir
  3. Difícil comentar sua prolixidade mas, desta vez, me atrevo.
    Você tem o Dom! De nos prender na tela, com atenção, com respeito às sua horas de pesquisa, do trabalho sério, da informação minuciosamente descrita...
    Admiração e respeito é o sentimento que me causa e, creio, a todos que a leem...
    Obrigada, NaMaria
    Abraço fraterno,
    Marise.

    ResponderExcluir
  4. Sonia Maria Fernandes7 de jul de 2009 14:26:00

    NaMaria:
    como seu blog tem interesse em colocar a tona toda a sujeira, lama, irregularidades na SEE, acho muito interessante vc tbém olhar para as verbas enviadas nestes 12 anos de PSDB na educação de SP, principalmente a relação da FDE com os dirigentes de ensino e as coordenadorias de ensino.
    São milhões desviados das escolas e diretorias rumo a campanhas eleitorais, perseguições, e programas como o Programa Escola da Familia (cabos eleitorais).
    E o que aconteceu e veio a tona como o caso do desvio milionário da DE - de Taboão da Serra e de Araraquara.
    Que foi mais que divulgado e não vejo interesse seu em tratar deste assunto.
    Que é a espinha dorsal de todos os demais esquemas corrupções envolvendo o governo. Por este é silencioso, todo mundo quer abafar e destruir os denunciantes.
    Percebi que vc está mais preocupada com a Cenp, e outras... deve ter suas razões, como nós as nossas.
    Mas se pretende ser um espaço de credibilidade e respeito, liberdade e justiça, como todo mundo está acreditando, deve dar atenção máxima agora ao que está acontecendo nas diretorias de ensino que carregam o Estado nas costas. Entendo que se desmontar estes esquemas nas DEs e nas Escolas, será o desmonte geral.
    Porque todas as verbas passam pela FDE, preservação do prédio escolar, trato na escola,reformas, escola da família, livros, informática, funcionários contratados, cooperativas, e as APMs se abrir a caixa preta da FDE e das APMs estará tudo acabado para o PSDB. São todas de fachadas para a FDE escoar o dinheiro público e os diretores de escola, supervisores apóiam essa situação.Os pais são leigos e não sabem o que é APM, que tem estatuto próprio, e que podem ser enquadrados em crimes etc...
    Se vc quiser saber mais...
    Tem notas fiscais e balancetes adulterados publicados no jornal tribuna impressa de Araraquara e muitas noticias que circularam em jornais da região.Tem publicação da 2ª unidade processante da DE de Taboão da Serra.
    Espero que se interesse agora que estamos lutando para que os 56 diretores de escola e os 16 supervisores de ensino sejam todos processados, já conseguimos processar 22, saiu no doe - editais pág 94 ou 98 e a ex dirigente aposentou-se mas antes foi cessada a designação de dirigente.
    Penso que vc foi da SEE e sabe bem do que eu estou falando se estiver enganada me desculpe.
    Mas vamos ser francas.
    Aguardo seu retorno.
    Abraços.

    Sonia Fernandes.
    soniamariafersilva@gmail.com

    ResponderExcluir
  5. Pais de alunos da Rede Estadual de Ensino de Araraquara e Região acompanharão os processos de Diretores de escola, supervisores de ensino e ex dirigente de ensino.

    As denúncias de abuso de autoritarismo e o uso exacerbado de poder e desvios reiteradas de milhões de reais verbas públicas a serem aplicadas nas escolas em benefícios dos alunos, foram supostamente extraviados para as contas dos investigados, a segundo a denuncia máfia atuava nesse esquema há mais de 10 anos e ocorreram inúmeras irregularidades administrativas e financeiras na Diretoria de ensino de Araraquara comprovadamente cometidas pela ex dirigente de ensino, diretores de escola, supervisores de ensino, funcionários da diretoria de ensino e proprietários do Escritório de Contabilidade Atlas que foram canais de investigação através do qual a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, Ministério Publico Federal, Policia civil, Policia Federal teria tomado conhecimento de que vários diretores de escola entre eles Sonia Maria Fernandes e Ana Claudia Carvalho de Camargo Silva, Hermilo Machado e Valmir Rodrigues tinham uma movimentação atípica em suas contas bancárias. Foi isso que a Senhora Ivani de Lucca relatou ao denunciante e ainda lhe deu plenos poderes para falar em seu nome através de uma procuração, e uma carta onde entregue ao Senhor Antonio, onde mencionava todo o ardiloso esquema de corrupção, por isso o Senhor Antonio Monteiro relatou em seu depoimento que não se cala diante de tantos desmandos e provável enriquecimento ilícito de todos os envolvidos, nessa carta de Ivani entregue a Policia Federal e Secretaria da educação recentemente, revela que os diretores de escola de Araraquara e Região, a Dirigente Regional de Ensino Senhora Sandra Rossato e supervisores de ensino, conheciam o velho esquema de desvios de verbas sabiam que eles tinham recebido um bom dinheiro, milhões de reais e que também ficava com uma boa parte do bolo. Outro fato revelado, que a dirigente teria dado ao supervisores ordem expressas para processar e exonerar quem não participasse do esquema, ou seja, que se negassem a desviar dinheiro público, tudo isso foi realizado na certeza da impunidade, era sempre os diretores e supervisores que agiam, Ivani declara na carta que vira Sandra Rossato negociar, mas é sabido que ela era a principal mandatária do esquema.

    ResponderExcluir
  6. Por outro lado, os diretores de escolas estão sendo processados e segundo Sandra Rossato os mesmos foram orientados a agirem com idoneidade, nunca os orientou a comprar notas fiscais no escritório de contabilidade e que toda a responsabilidade das irregularidades nas prestações de contas das escolas é única e exclusiva de cada diretor de escola que devem responder por isso e serem punidos conforme a legislação do funcionário público, que não se conforma com tantas arbitrariedades e irresponsabilidades dos gestores das escolas de Araraquara e Região.

    No depoimento, Sandra Rossato contou também como recebeu o extrato de Ivani de Lucca das mãos da Assessora Maria de Lourdes e Sigeo , no dia do dia 16 de março, mesmo dia em que o sigilo bancário de Sandra Rossato, Ivani de Lucca e Maria de Lourdes deixou de ser um segredo. Segundo Ivani de Lucca , Maria de Lourdes foi à sua casa, entregou-lhe o envelope com os extratos de e conversaram sobre assuntos de trabalho.

    ResponderExcluir
  7. Sobre os extratos, teriam apenas entendido que fora constatada a tal movimentação atípica na conta das funcionárias públicas e por isso os dados estavam sendo encaminhado para análise do Coaf, o órgão do Ministério da Fazenda encarregado do controle das operações dos bancos. Como superior hierárquico do Coaf, o ministro tinha direito de tomar conhecimento dos dados.

    Auto de qualificação e interrogatório de Sandra Rossato na Policia Federal e Secretaria da Educação

    Sandra Rossato Respondeu a imprensa:

    QUE, está sob investigação psicológica e encontra-se sob tratamento por tal motivo, a recomendação médica QUE não chegou a conversar com o Maria de Lourdes ou Ivani de Lucca de forma reservada ou a seu pedido;

    QUE a reunião transcorreu no horário compreendido entre 19h e 20h30min pois havia o risco de terem aposentadorias caçadas por conta de arbitrariedade tão somente de diretores e supervisores de ensino que não orientavam as escolas;

    QUE a Sra Ivani de Lucca chegou depois de iniciada a reunião e saiu antes do desfecho e, por tal motivo, não trataram de nenhum assunto particular;

    QUE só voltou a ter contato com o Sra Maria de Lourdes de Lucca entre 21h15min. e 21:30min., por telefone, porque ficaram assuntos pendentes;

    QUE nesse telefonema a entrevistada falou que tinha encerrado uma outra reunião e que estava disponível para conversar sobre os assuntos pendentes;

    QUE naquela oportunidade, lhe foram exibidos 3 ou 4 folhas de extratos bancários, sendo lhe dito que eram de Ana Claudia (diretora exonerada) Sonia Fernandes (diretora afastada) e Valmir Rodrigues (diretor de escola) E que dos demais diretores de escola estavam sendo providenciados, evidenciando assim a responsabilidade única e exclusiva dos diretores de escola e supervisores de ensino e que teriam sido impressos para efeito de comunicação ao COAF, na medida em que continham movimentações atípicas;

    QUE recebeu o envelope em que estavam os extratos bancários dos demais diretores foi Maria de Lourdes de Lucca disse que disse para que em depoimento na secretaria da educação em 12 de novembro de 2008 confirmasse os trâmites da diretoria de ensino, isentando-se de qualquer responsabilidade e com os técnicos e, caso estivesse dentro da regra prevista, fosse feito como dito, ou seja, encaminhasse ao COAF;

    QUE assim recomendou Sandra Rossato, na qualidade de sua ex superior hierárquico que recebeu uma comunicação de atipicidade e agindo nos termos da lei, denunciou todos os envolvidos no esquema diretores de 56 escolas, supervisores de ensino, e funcionários da

    ResponderExcluir
  8. QUE consultou os seus advogados sobre qual medida jurídica quanto aos encaminhamentos da denuncia e do interrogando que poderiam adotar ou qual órgão de investigação jurídica;

    QUE seus advogados lhe disseram que, quanto à questão do inquérito, achava certo o procedimento proposto e, quanto ao segundo, denunciar os reais fraudadores e responsáveis que iria prejudicar outras pessoas, mas que não poderiam passar impunes;

    QUE a Sra Ivani e Maria de Lourdes concordaram;

    QUE os seus advogados depois lhe traria uma avaliação com mais calma;

    QUE depois os advogados disseram que foi feita uma avaliação e que os dados eram insuficientes e que precisavam de mais elementos;

    QUE disse que tinha outros dados que comprovavam as responsabilidades dos acusados, em termos lavrados em reuniões, em apostilas entregues com orientações quanto à aplicação dos recursos públicos repassados as escolas, orientação aos supervisores de ensino e um dos dois advogados , não sabe o qual, iria, de qualquer forma, à Polícia Federal para fazer uma verificação sobre outros eventuais procedimentos;

    QUE ambos retornaram no final da tarde, próximo das 18h à residência de Sandra Rossato com a sugestão de que fosse ajuizada a melhor medida jurídica contra os acusados em torno de (80) oitenta servidores e proprietários do escritório de contabilidade Atlas ou junto a Polícia Federal;

    QUE nesse momento estavam presente mais 03 advogados para tomarem alguma as providencias jurídicas ;

    QUE quando houve o vazamento de dados bancários dos envolvidos, perguntou ao seu assessor jurídico sobre as notícias veiculadas na imprensa e seu eventual envolvimento, mostrando-se, indignada com as reportagens e a indagação;

    namaria conto com vc para acabar com este mar lama urgente - chega!!!
    O povo clama é a sua vez
    Sonia Fernandes

    ResponderExcluir
  9. Excelentíssimo Sr. Governador do estado de São Paulo
    Sr. José Serra saudações estarrecidas e entristecidas!
    Permita-me, Sr Governador , transcrever o que vários jornalistas e políticos afirmaram sobre a conduta de V. Excia, em meio a essa crise de corrupção inaudita promovida pelo PSDB, o partido do qual – muito ironicamente -- V.Excia. é membro.

    ResponderExcluir
  10. Para que? Governador de mentirinha, ECONDIDINHO ATRÁS DE TODOS OS ASSESSORES ATÉ QUANDO ISTO NÃO VAI DURAR POR MAIS TEMPO, o Senhor que quer acobertar todas as sujeiras e proteger ESCANCARADO ESCANDALO DO ESQUEMA DE NOTAS FISCAis frias, geladas, fraudulentas, nojentas, podres, DE ARARAQUARA, NÃO É QUEDA BRAÇONÃO GOVERNADOR QUE QUEREMOS, O QUE PRECISAMOS COM URGÊNCIA É QUE O SENHOR FAÇA JUSTIÇA.
    Eis algumas opiniões sobre sua conduta, nesta crise:

    “O pobre discurso do Governador Serra é inepto como piloto de tormenta.Serra afirma ser incorruptível, mas Não afastou nenhum diretor e supervisor corrupto investigados nos PAD/ 2007, não demitiu a maior traficante de drogas das escolas de Araraquara – SP e que desrespeita a lei antifumo, protegida por um diretor refugiado em gabinete de deputado estadual sabemos que a função deste deputado é de líder....mandar na dirigente atual, proteger os supervisores de ensino de Araraquara a para valer exigiria dizer que foi Serra , e ninguém mais, quem traiu a história de seu partido, certa ou errada”. Maria Ergilia de Paiva
    “Nem o tardio discurso governamental sobre estes processos foram tratados, abusou de seu poder... "nós", em lugar do "eu" ...Estamos a deriva da promiscuidade e podridão de corrupção, e Impunidade ...Nem usou o singular para se declarar indignado...Serra apela para o "nós", do Seu coordenador da CEI, Rubens Mandetta um completo incompetente, dissimulação, aliás inútil”. Aurélia Meireles Brandão

    ResponderExcluir
  11. “ Nem o pronunciamento do governador Serra...para uma satisfação de suas omissões, sua certeza da impunidade, sua certeza de poder além de céu de da terra, em relação as corrupções em Araraquara a- SP foram dadas nem que timidamente pedido desculpas ao povo Araraquarense e jogou para o PT a incumbência de se desnudar diante da opinião pública seus erros,que seguirá um roteiro meticulosamente traçado até no que se refere à inexatidão dos fatos e levar todos os responsáveis a responder a processos cassação de aposentadorias e demissões e afastamentos urgentes. Não como há negar as responsabilidades deste governo são 12 anos de impunidade e corrupção e fraudes as notas frias aos milhares falam por si”. Roberto Alencar de Castro
    “Foi um passo muito pequeno quando se avolumam as acusações contra os diretores de escola e supervisores de ensino, dirigente regional de ensino, o Senhor Serra de que deixou o barco correr...Devo citar o nome de Maria Helena Guimarães,seu atual secretário da educação Paulo Renato de Souza, que nada fez, cruzou os braços, o Senhor Roger garante que está tudo DOMINADO!!!, COITADO MAL SABE ELE O QUE LHE ESPERA, foi econômico com o PSDB, com O Mandetta, com o Benedito, e com sua assessoria técnica fraca,na SEE – SP, responsáveis diretos pela construção da Cris na EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO, ...o Governador tem imensa dificuldade em reconhecer claramente os erros que cometeu, bem como dar nomes aos bois” e acreditar que o povo paulista e araraquarense já não é tão bobo como parece aos seus olhos”. Vanessa de Souza Medeiros
    TOME PROVIDÊNCIAS URGENTES SENHOR GOVERNADOR JOSÉ SERRA, PORQUE O SEU SECRETÁRIO QUER SÓ HOLOFOTES E MUITOS CONFETES.
    SONIA MARIA FERNANDES.
    DIRETORA DE ESCOLA APOSENTADA POR PRESSÃO POLITICA LOCAL.

    ResponderExcluir
  12. “Serra finalmente declarou que nunca falará sobre ao assunto , ou melhor: leu alguma coisa. Fingiu de Alice no país das maravilhas, mas o que ficou foi Alice não mora mais aqui. Serra só fala em coisas boas, em escolas centrais que funcionam porque tem todo um aparato do estado, não estão abandonadas ao Deus dará, como a EE Victor Lacorte diretoria de ensino de Araraquara a escola em tempo integral eu nunca funcionou, a diretora é uma fumante que RI NA CARA DO SERRA, e os pobres coitados dos alunos entediados,. Não dá nem para comentar...Depois disso tudo nem para pedir desculpas ao povo Araraquarense ele teve coragem, muito menos terá dignidade em se desculpar com o povo brasileiro.
    Mas amigos eu Sonia Fernandes, diretora de escola aposentada "estou tão indignado quanto vocês".Osd assessores de Serra me mandaram ficado em silêncio, mas esta postura não me cabe Serra e seus assessores, minha força é o meu conhecimento, O Senhor está em silencio. Ou está em “silencio medrontoso”. CORAGEM SERRA.
    Abra a caixa preta da educação estadual de Araraquara o jogo, dizer que foi traído. Mas ele é refém de Sandra Rossato, dos supervisores de ensino, de diretores de escola de funcionários da diretoria de ensino,dos deputados estaduais e federais da região, . Se todos falarem, é o FIM DO SONHO D A PRESIDENCIA 2010.

    ResponderExcluir
  13. DA ex-dirigente DE ENSINO SANMDRA ROSSATO “SERRA sempre compartilhou da intimidade do grupo e foi o principal beneficiário de suas ações. Garante, porém, que nada sabia. Respeito quem acredita nisso, assim como respeito quem acredita em duendes.”
    “Uma vez iniciado o procedimento cirúrgico, não nos esqueçamos de remover, também, o agente cancerígeno. Ele está logo ali, no outro lado, no outro vértice da praça central.
    Refestelado em seu trono, repousa um reizinho. Ele se fez de rei de baralho. Jura que de nada sabe. Protesta inocência e até mesmo ingenuidade. Afirma-se traído pelos seus valetes.Alguns até mesmo se solidarizam em sua comiseração. Mereceria ele a nossa indulgência?
    Eu entendo que não. Ele reina, mas também governa. A coroa não lhe chegou à cabeça por acaso. Desta corte ele é o rei, por mais que se diga apenas o bobo.DOSA SECRETÁRIOS COMISSIONADOS, DE CONFIANÇA, até os pagens, não há ninguém, no Palácio DOSA BANDEIRANTES, que lá esteja à sua revelia. Se “há algo de podre no reino da Dinamarca” não cabe a esta Hamlet questionar-se entre ser ou não ser. Ele é. E não pode evadir-se da responsabilidade de ser.
    É impossível conceber que ele nada soubesse. Há nas cortes os áulicos, mas abundam também os Rigolettos. Seja por lealdade, seja por intriga, estes, com certeza, tudo confidenciaram aos ouvidos do rei. E este, sem a menor dúvida, estava a par de tudo o que se fazia. Mormente porque era ele, o rei, o principal beneficiário de toda essa cafetinagem parlamentar na ALESP (...) Haja o que houver, o fato irreversível é que o rei perdeu a majestade. Não lidera, não ordena, nem sequer mandar ele pode mais. Ele está condenado a terminar o seu reinado impotente e emasculado.
    A autoridade de um rei provém do exemplo que ele produz. Sem exemplo não há reis. A não ser os de copas, ouros, espadas ou paus

    Eis aí algumas opiniões abalizadas e arrasadoras que exigiriam de V. Excia., ou que processasse seus autores, ou, então, que renunciasse a seu cargo GOVERNAMENTAL.
    Um GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO não pode eticamente exercer seu cargo, quando se lhe diz, em face, diante de todo o país, tais coisas.
    Um país, UM ESTADO, O MAIS RICO DA FEDERAÇÃO, que se honre não pode permitir que seu primeiro dignitário seja assim tratado.
    Se o tratamento foi injusto, dever-se-iam tomar providências contra os que assim escreveram. Se esses PROFESSORES QUE MORREM DE MEDO DA PERSEGUIÇÃO DE SEUS ALIADOS AQUI EM ARARAQUARA, disseram a verdade, não se pode tolerar que pessoa assim qualificada seja o Primeiro Mandatário do Estado.
    ***
    As opiniões externadas, que acima transcrevemos, comprovam que V. Excia. perdeu todo crédito diante da opinião pública brasileira.
    A sua dignidade pessoal e a dignidade do país impõem que V. Excia. renuncie. Essa é a única atitude digna que lhe cabe tomar.
    Renuncie, Senhor GOVERNADOR JOSÉ SERRA ESTAMOS CANSADOS, MAS A LUTA ESTÁ APENAS NO INICIO..
    Salve um pouco de sua dignidade.
    O Brasil assiste estarrecido a mais escandalosa onda de corrupção, jamais vista no país, promovida peloPSDB, o seu Partido.
    Honra e PSDB, Sr. GOVERNADOR, hoje, são termos absolutamente contraditórios. Essa contradição exige que Vossa Excelência, ou renuncie ÀAO GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO , ou renuncie à sua honra.
    V. Excia. clamou que ninguém lhe pode dar lições de “ética”. Desse modo o senhor se colocou como exemplo da famosa ética, esse substitutivo laico da Moral.
    Mas que entende o senhor por ética senão a que o PSDB, esse partido sem moral, lhe impingiu coma tal?
    .
    A “ética” DO PSDB permite roubar e mentir.
    A Moral do Evangelho condena mentir e roubar.
    Deixe de “esconder sujeira debaixo do TAPETE DO PSDB.
    Não há outra saída digna para V. Excia.
    Renuncie.
    Ou virá o impeachment
    Renúncia ou impeachment, qualquer coisa que seja, que venha logo!
    Ninguém agüenta mais nem o PSDB, nem o seu GOVERNADOR E SEUS ASSESSORES.MAIS UMA VEZ RENUNCIE.
    SONIA FERNANDES.
    “QUEM TEM MEDO NÃO DEVE VIVER”

    ResponderExcluir
  14. Ainda há dúvida deste blog do esquema corrupto milionário da diretoria de ensino de Araraquara?
    Vejam o diretor de escola refugiado no gabinete do Deputado Roberto Massafera é tesoureiro do Partido local.
    Namaria estou aguardando sua manifestação.
    Sonia.
    O diretório municipal do PSDB de Araraquara elegeu, ontem (19), a novo diretório e a Executiva do partido para o biênio 2007/2009. As convenções municipais foram realizadas em todo País. Em Araraquara, o presidente eleito foi Sérgio Pelícola, que era o vice-presidente de Antônio Clóvis Pinto Ferraz, o Coca. A eleição ocorreu com chapa única.
    Para o deputado estadual Roberto Massafera, o momento é de luta para que o partido possa administrar os rumos da cidade e garantir o seu desenvolvimento. Sérgio Pelícola, em seu primeiro pronunciamento como presidente, disse contar com a colaboração de todos os tucanos e que quer entrar para a história como o presidente que elegeu o prefeito do PSDB.
    O parlamentar ressaltou também ser preciso montar uma forte chapa de vereadores. Ele lembrou que desde que governou Araraquara (1991-1996), o índice de participação do município no ICMS do Estado, que era de 0,50, só apresentou quedas.
    Roberto Massafera reafirmou sua disposição em ficar na Assembléia Legislativa até o final do atual mandato, em março de 2010. Ele afastou qualquer possibilidade de deixar o cargo para disputar a eleição municipal do próximo ano. “O mandato é do partido e eu vou lutar até o fim pelos compromissos que assumi na eleição. Apesar das dificuldades, não vou desanimar”, disse o parlamentar.
    Ao se despedir da Presidência, Coca parabenizou o novo mandatário e desejou a ele maior sucesso, principalmente no estreitamento de laços com os diretórios e lideranças estaduais e nacionais do PSDB.


    EXECUTIVA MUNICIPAL DO PSDB – ARARAQUARA

    Presidente Sérgio Pelícola

    Vice-presidente Sílvio Prada

    Secretário Edelvani Fioco (Del)

    Tesoureiro Eduardo Boschiero

    Vogal Jeff Ceni

    Vogal Roberto Massafera

    Suplente Vanildo Trindade

    Suplente José Alberto Gonçalves (Gaeta)

    Suplente Ivo Dall’Acqua

    Suplente Antônio Clóvis Pinto Ferraz (Coca)

    ResponderExcluir