segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Serra em SP - Educação é só uma questão de números

Compreensivos leitores;

observem a foto ao lado.
Atentem para as feições dos retratados.
Reflitam.
Quanto pesar.
Quanta dor.
Braços cruzados.
Olhares ao léu.
Seria um momento de profunda dor?
Seria um velório?
Quem teria passado desta para melhor?



Que nada, gente boa. Alvíssaras! Trata-se apenas de inauguração da Escola Estadual Professor Carlos Estevam Martins, em Heliópolis, dia 18 passado, conforme notícia em destaque no site da Fundação para o Desenvolvimento da Educação - FDE. Olha só:



Confira a festança completa e animadíssima aqui.

Tomara que os 696 alunos, de 1ª a 5ª séries do Ensino Fundamental (da manhã e tarde) alunos favorecidos se sintam felizes e demonstrem com sorrisos espetaculares, já que, como está no texto, foram gastos muitos milhões de reais em obras, em materiais escolares, artigos esportivos, apostilas... Não há qualquer referência sobre a qualidade da educação oferecida (para esta ou outras escolas citadas) ou a opinião da população, sequer dos professores que trabalharão por lá. Ou seja, parece que a escola foi inaugurada apenas pelos e para os fotografados.
Números, valores e mais números são tudo o que há de mais supimpa na incrível educação paulista.

Por outro lado, vê-se a importância de uma inauguração como esta: na Internet há três referências, hoje, sendo que a da FDE ainda não consta no apanhado do Google.
1- site da Secretaria da Educação - basicamente repeteco da numerologia textual da FDE.
2- no site do Vereador** Domingos Dissei (DEM), que ficou mais conhecido ainda em 2009 por ter sido cassado junto com 13 vereadores de São Paulo por recebimento ilegal de doações na campanha eleitoral de 2008 da AIB (Associação Imobiliária Brasileira). A entidade repassou R$ 1,655 milhão aos 13 vereadores. Por lei, a entidade é proibida de fazer doações a candidatos. Ele recorreu e a cassação foi suspensa (vide Folha). Repare no aspecto alegre de todos - inclusive daquele que está ao celular*.
3- no Ensina Brasil, que aparentemente é de alguém de Heliópolis. Mas a pessoa que escreveu reproduz o que saiu pela SEE-SP. Aliás este site é o único a comemorar, de fato: Puxa vida! Inauguraram uma escolinha aqui em Heliópolis!! Demorou… (...) Taí! Já temos escola, hospital e orquestra sinfônica. A quarta e quinta referências são deste mesmo site, portanto desconsideradas.

Ao mudar o nome da escola nas buscas vem o o que falta ao site da FDE, gente normal comentando, alunos etc. Só tem um detalhe, os 7 resultados estão estritamente ligados à pessoa do Governador, sempre vestindo azul: 1- Portal do Estado de SP (com filminho, Serra e tudo mais); 2- mesmo Portal, com outras inaugurações e eventos da semana de 19/janeiro, em destaque, incluindo a cena dos cadeirantes ao mar e camiseta Nike usada em Pernambuco e Salvador durante o carnaval; 3- Flickr do Governo de SP, atualmente na página 2, com 4 fotos .
NOTA: Lembra da Escola Estadual Presidente Café Filho que recebeu os alunos sem carteiras, mas como eles não se conheciam podiam ficar sentados no chão mesmo? Leia aqui. Pois no mesmo Flickr aparecem 6 imagens das salas de aula agora mobiliadas, publicadas em 21/janeiro. Pelas propriedades das mesmas, sabemos que foram feitas dia 20/janeiro, entre 15:46 e 15:56 horas, com uma poderosa Canon EOS-50D. Todas com o título Novos equipamentos da Escola Estadual Pres. Café Filho, no Campo Limpo e descrição Os equipamentos foram entregues à escola no dia 19 de fevereiro de 2010. Não é lindo? Não há demonstrações sobre as goteiras e entulho na escola. Pena que as fotos estejam ainda sem as tags que tanto facilitam nossa vida.

Continuando. Referência 4- GovernoSP no Youtube (Nova escola estadual na capital: bairro São João Clímaco); 5- Facebook do Governo do Estado de São Paulo (O bairro São João Clímaco, na capital, conta agora com a Escola Estadual Carlos Estevam Martins. Foram quase R$ 6,5 milhões investidos nos 735 metros quadrados de área construída no terreno de mais de 3,8 mil metros quadrados...); 6- Rede Clipex, reproduz o que saiu no Portal do Estado-SP; 7- Tweetply de José Serra, que reproduz o que está no Tweetter de José Serra (Também fui a Heliópolis inaugurar a escola estadual Carlos Estevam Martins, com capacidade para 1.800 alunos da 1ª à 9ª séries. 1:09 AM Feb 19th from web). E acabou aí.

Não consideramos os 22 resultados incluindo os omitidos, no Google, porque são apenas repetições. Precisa mais?


OBSERVAÇÕES:
* Quando o texto foi publicado originalmente a foto mostrando o
Secretário Municipal de Educação ao celular existia de fato.
Mas, posteriormente, o vereador desapareceu com ela e a substituiu,
portanto sumiu deste meigo blog.
Pedimos desculpas, mesmo sem culpa.
Caso queira ver a prova, vá para esta busca (legenda "trabalharão por lá").
Foi o que sobrou.

**
O site do Vereador Dissei em questão foi bloqueado,
portanto, retirado de nosso seleto ambiente.
Eis o que diz nosso amado Firefox:
O site www.vereadordissei.com.br foi considerado
um foco de ataques e foi bloqueado
de acordo com as suas preferências de segurança
.
É bom evitar visitas por lá. Quanto ao outro link
para o mesmo personagem, está tudo em ordem - por enquanto, ao menos.
Grata pela compreensão.
Texto editado em 5/setembro/2010 - 15:30, por NM.

8 comentários:

  1. O que eles querem mesmo é privatizar a educação paulista, por isso o mau humor, logo quem irá inaugurar colégios em São Paulo serão os donos do grupo Positivo, do Anglo, do Objetivo, Etapa, etc...
    Abs!

    ResponderExcluir
  2. CONCURSO PÚBLICO DE APENAS UM ANO ?????SÓ NA SECRETARIA DE DESEDUCAÇÃO DE SÃO PAULO
    O jornal Agora mais uma vez sai na frente e divulga outra excrecência da Secretaria de Educação de São Paulo
    Em pleno ano eleitoral abre concurso para agentes escolares valendo só para um ano.
    Nem o mais ingênuo dos eleitores deixa de enxergar aí jeitão tucano de coptar cabos eleitorais e mais recursos.
    São 5.405 que se foram aprovados ficarão sem emprego no ano que vem.
    Só se forem excelentes cabos eleitorais
    farão outro concurso como todos que a SEE elabora, e como conta tempo de serviço, já saem na frente com um ano. Terão também um cursinho que vai valer ponto…
    Então fica combinado assim. Você entra provisório , se o PSDB ganhar se efetiva para sempre….
    Ou será que alguém tem dúvida desse método todo especial que a SEE tem de fazer concurso público e seus critérios questionáveis???

    ResponderExcluir
  3. O que me aflige mesmo é a deslealdade dessa campanha que se avizinha...
    Ontem a Globo divulga me rede nacional as "maravilhas" do governo Serra na área da educação.
    Em São Paulo, todos sabem que é mentira mas no resto do pais que estão longe podem até acreditar.
    Um governo assim "maravilhoso"
    com duas professoras em cada sala do primeiro ano do ensino fundamental.
    Reforço escolar durante o ano todo.
    Nofa....e para professor então
    É o paraíso na terra para todos...
    Puta merda, e vi logo na hora que estava jantando, me deu engulhos...

    ResponderExcluir
  4. Que maldade Namaria!
    Chamar de "o do celular" o nosso secretário municipal de educação alexandre schneider.
    Modos, menina!
    Não vá se igualar a ele, atendendo celular em cerimônia pública!

    ResponderExcluir
  5. Prezado(a) Anônimo(a) aí acima;
    Não se preocupe, jamais faria algo semelhante. Não tenho celular e não vou em certas cerimônias públicas, principalmente quando me convidam.
    []s

    ResponderExcluir
  6. Só que o Serra, ao contrário da Dilma, não está em campanha eleitoral...é dele o direito exclusivo de aparecer...uia...

    ResponderExcluir
  7. Para coroar essa magnifica obra tucana, ela começará a funcionar com a GREVE dos professores da rede de ensino público paulista! Parabéns Serra! Mas, na próxima vez não se esqueça que são preciso professores para uma escola funcionar!

    ResponderExcluir
  8. Espero que a profunda dor seja o início do velório da "jestão" Serra!

    Que o diabo se confunda e não perceba que ele é o Nosferatu e o leve para as profundezas do inferno, onde o povo brasileiro colocou o finado FHC!

    ResponderExcluir