quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Hora das apostas: culpados ou inocentes?




O aviso acima consta no site do Ministério Público de SP, e no Diário Oficial de SP, de 20/fevereiro/2010 (págs. 123 e 137).

Quer dizer: hoje (26/fevereiro/2010) há audiência pública para julgar o famoso, antigo, conturbado, milionário e útil caso das Antenas Parabólicas pagas (pela FDE) e não fornecidas (pela empresa vencedora da licitação Comercial Vida, que repassou a tarefa à Zinwell Brasil) às escolas da rede estadual de ensino.

O julgamento está nas mãos do Relator Doutor Clilton Guimarães dos Santos, que entre outras ações interditou o Programa do Ratinho, porque ofendia a dignidade humana, desprezava as instituições e deseducava o público, tudo em nome de um bom rendimento proporcionado pelos patrocinadores. Portanto, a humanidade ainda pode ter algumas esperanças neste caso.

Para mais calientes informações históricas do episódio, aguarde neste mesmo aracno-blog.

18 comentários:

  1. Prezada Namaria
    Tou fazendo um trabalho sobre isso e será de grande ajuda a publicação de novos dados. Aguardarei suas pesquisas sobre a história toda já que há fatos que jamais compreendemos. Sou de escola pública em SP e a antena está aqui jogada numa sala até hoje. Jamais foi sequer instalada e nunca vimos um programa qualquer.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Na Maria, entre na onda tb.

    Ricardo Noblat praticou baixaria com Lula e depois provou do próprio veneno. Hoje, propôs que seus leitores pesquisassem por "mentiroso" no google, uma velha manipulação que dá como resultado o Lula no Wikipedia.

    Neste endereço o post do picareta:
    http://oglobo.globo.com/pais/noblat/posts/2010/02/25/tucanaram-google-269313.asp

    A blogosfera então não tardou em propor nova pesquisa no google: "jornalista barrigueiro"... Só dá ele!

    ResponderExcluir
  3. NaMaria que: Deus, Oxalá, Javé, Alá, Ain Sof te abençoe

    ResponderExcluir
  4. NaMaria, so voce para investigar isto, Por falar em PIG, querem uma novidade de causar vomito neste link http://www.viomundo.com.br/voce-escreve/a-escola-roberto-marinho/,
    o Pig esta formando exercito deste crianças e como sempre com o dinheiro publico como sempre, temos que fazer uma campanha seria para mudar este quadro e é urgente.

    ResponderExcluir
  5. NaMaria,

    não fico tão animado pelo seguinte: quando um Procedimento vai ao Conselho Superior para julgamento de promoção de arquivamento, significa que o Promotor de Justiça que presidia o inquérito civil o arquivou. Ou seja, é mais fácil haver a homologação desse procedimento do que outra coisa. Só vendo os autos para saber se não havia provas, etc. etc. Mas a chance de se arquivar é grande. Acompanhe o DO que você verá o resultado.

    Por que foi arquivado? Não se apurou nada? Não se chegou a nenhuma conclusão? São perguntas que não querem calar.

    Uma coisa me intriga e muito: o fato de muitos Procuradores de Justiça terem pedido o afastamento de seus cargos para exercerem funções importantes no Governo paulista, com Secretário de Estado e outros no Gabinete do Governador. Isso mostra a estreita relação do Executivo com o Ministério Público e vice-versa. Prejudica a imparcialidade que o órgão deve ter no cumprimento de suas funções institucionais/constitucionais, como o poder-dever de fiscalizar/investigar. É ruim para a própria imagem da instituição. É ruim para a sociedade.
    Como sei disso? Ora, isso diz respeito ao princípio constitucional da publicidade: está no Diário Oficial, é público, de conhecimento de todos. Estou sendo reduntante para enfatizar mesmo.
    Na minha modesta opinião o Ministério Público deveria ser um órgão realmente independente e imparcial. Nada do Executivo ficar "pentelhando".
    Agora, com o PSDB a trocentos anos no Governo, imagina como fica a situação. Complicado...

    ResponderExcluir
  6. Lucimar;
    Vc tem toda razão, concordo. Mas veja pelo lado seguinte: se arquivarem, mesmo assim temos uma bela história para contar - e que história! Não seria bom o arquivamento, mas ele é mais provável que impossível. Impossível é que, mesmo arquivado, as pessoas deixem de saber dos fatos, personagens e possam tecer suas opiniões. Nós vamos contar a história, isto é o que nos interessa. Ela ficará gravada, servirá para muitas coisas futuras, entende? Daí, o resultado final poderá ficar muito negativo, mesmo tendo sido "legalmente" encerrado.

    ResponderExcluir
  7. Reunião de Cúpula na VEJA – Pauta: Queda nas vendas ---
    http://www.youtube.com/watch?v=i3yUqFvlsT4&feature=player_embedded

    ResponderExcluir
  8. POIS É ....
    Na gestão Chalita, o pior Secretário de Educação que São Paulo já teve.
    Foi eleito vereador com o maior número de votos. Foi bancado pela igreja católica e teve como cabo eleitoral o Padre Marcelo Rossi.
    Padre Marcelo é feio, desengonçado,quando resolve falar algo que não seja religião só fala bobagem. Mas é um fenômeno e um fenômeno não se explica. E foi cabo eleitoral do Chalita...
    Esse secretário que é bonitinho, mas ordinário quer ser Senador, valha-nos Deus....
    Saiu do PSDB como os ratos que abandonam os navios quando esses ameaçam afundar....
    Saiu dizendo que o Serra odeia professor, qrandes coisas, ele odeia pais e alunos....Se merecem.
    Esse vereador só fez projeto infelizes.
    O pior foi o projeto 69 que nós apelidamos de projeto sacanagem. Era uma sacanagem contra alunos, uma barbaridade. Fizemos um barulhão e parece que o projeto não foi para frente, apareceram emendas e parece que gorou.
    Nâo se pode saber quase nada do que acontece na Camara Municipal de São Paulo, quando a gente pode vai lá e faz barulho, mas não nos deixam falar na comissão de educação e quase nos colocam para correr....
    Espero que ele leve uma lavada na próxima eleição, assim como seus parceiros Serra e Alckimin

    ResponderExcluir
  9. 28/02/2010 - 09:38
    TORTURA NUNCA MAIS???

    "Cadeira do Dragão"
    Alunos de seis anos devem ser matriculados na primeira série.
    Aumentou um ano do sofrimento.
    Escolas colocam crianças de seis anos em carteiras de adultos… carteira dura e alta por até cinco horas.
    O processo de ensino e a alegria de aprender – tão presente nessa idade – é um sofrimento covarde imposto a crianças pobres.
    Para alcançar o caderno elas têm que mal escorar as costas nas mochilas, que improvisam um encosto. Os pés ficam dependurados ou cruzados no pequeno espaço duro do assento das carteiras.
    Uma professora conta para o Jornal a Folha de São Paulo que essas crianças coçam o olho, que ficam vermelhos de cansaço… e outras dormem exaustas da posição desconfortável obrigadas a ficar por horas a fio.
    Nem precisa ser especialista para saber que nessa idade a criança é agitada e precisa de aprender com trabalhos lúdicos; e mesmo assim em posição confortável. Que a atenção em um ponto só é conseguida até dez minutos… depois ela dispersa, descansa e pode até voltar se descansar.
    Nada de brincadoteca. Nada de lúdico. Só uma escola dura, cruel, brutal, desconfortável. E carteiras que são instrumentos de tortura.
    Criança não pode se levantar, que a gente sabe que se a professora for do tipo maus bofes, ela pode bater, gritar ou cometer quaisquer violência contra a criança sem ser punida.
    Fica a criança também à mercê do humor da professora, que nem sempre é dos bons.
    Se temos educadoras, humanas e carinhosas, temos verdadeiros animais arrogantes e estúpidas. É um jogo de azar. Quem pegar uma boa professora ainda assim é torturada pela falta de estrutura colocada em carteira de adultos por horas a fio, até a exaustão.
    Esses alunos, em uma questão de tempo, vão odiar a escola. Nem chegaram e já vão odiar. Só de lembrar da escola vão se arrepiar de medo.
    Assim começa a escola pública, nos tenros seis anos dos alunos.
    Escola que o Serra , governador do ESTADO DE SÃO PAULO, gasta rio de dinheiro em propaganda para mentir ao Brasil, apresentando como ótima. Uma campanha mentirosa e desonesta.
    No pais da TORTURA NUNCA MAIS.
    Em escola pública pode…

    ResponderExcluir
  10. Falando em impunidade:
    o blog do Chicão lançou uma campanha de apoio à senadora Ideli contra o senador Demóstenes Torres.

    Vale a pena ajudar:
    http://chicaodoispassos.blogspot.com/2010/02/vergonha-senador-demostenes-torres-dem.html

    ResponderExcluir
  11. Como diria o grande Gilberto Gil, É PRECISO ESTAR ATENTO E FORTE!!!!!
    GRANDE MÍDIA ORGANIZA CAMPANHA CONTRA CANDIDATURA DE DILMA, o texto foi postado hoje, no blog do Azenha --- http://www.viomundo.com.br/voce-escreve/bia-barbosa-grande-midia-organiza-campanha-contra-candidatura-de-dilma/

    ResponderExcluir
  12. NaMaria, você tem informações sobre a ONG Projeto Escola Aprendiz?

    ResponderExcluir
  13. Anônimo das 18:31;
    Sim, muitas, muitas, muitas. E mais outras.

    ResponderExcluir
  14. Dimenstein, o Aprendiz, adora os demotucanos. Também pudera, no Diário oficial da Cidade de São Paulo de 5 de fevereiro de 2009 há uma relação de projetos que renderam cerca de R$ 2,8 milhões para a ONG do jornalista-tucano. O resultado da mamata pode ser visto no jornal e na rádio que o mesmo trabalha. Que nojo.

    ResponderExcluir
  15. Estive uma vez na sede da ONG Projeto Aprendiz, tivemos algumas aulas dos monitores dessa ONG, que participou de um curso organizado pela Unicamp/SEE. Com um projeto onde o adolescente vai se quiser, queriam mostrar aos professores como educar/ensinar, ficaram só na vontade!
    Havia monitor não sabia nem se situar, se portar diante de uma platéia, uma sala de aula, que não fosse sentando-se no chão, como na ONG.

    ResponderExcluir
  16. Como alguém já disse acima, até há bem pouco tempo essas antenas continuavam nas escolas guardadas, aguardando um técnico, que nunca chegou.
    Quando se questionava as diretorias de ensino sobre quando viriam instalá-la, diziam para aguardar o técnico do MEC... nunca veio!
    Investiu-se muito dinheiro público, que poderia ser investido no SALÁRIO dos professores, mas para esse fim ouvíamos nos discursos oficiais a seguinte resposta: "A lei de responsabilidade fiscal não nos permite que gastemos além do previsto no orçamento"... mas jogar dinheiro pela janela pode!

    ResponderExcluir
  17. Olhaí, o Delúbio está de volta...
    Assim como a inflação.
    Toma, povo!!!

    ResponderExcluir