segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

José Serra, São Tomé, Dalila e Dilminha

A quem duvidar possa:
Segundo a assessoria de imprensa do carnaval de Salvador, Ivete citou Dilma ao cantar o sucesso "Cadê Dalila". A cantora teria dito: "Vai buscar Dilminha... vai buscar ligeiro." A reportagem do G1 não ouviu a citação.

Pois eis que agora pode-se ouvir, escutar, sentir, comprovar numa nice e corrigir, de novo, o texto da "matéria":



Houvesse legenda ela seria: Cadê Fatinha? Vai buscar... vai buscar Fatinha, vai buscar Dilminha ligeiro.

Lamentamos informar que nossos correspondentes ainda não localizaram qualquer vídeo do carnaval em Salvador 2010 comprobatório de que
A cantora brincou com Serra durante o desfilo (sic) do bloco. "Coloca bastante protetor solar, viu, se protege. Gente, cuida bem dele para ele não ficar todo queimado aqui, viu", disse Ivete.
Indubitavelmente um sábio conselho a quem estava em tão nobre companhia, no camarote da Contigo, com o mesmo uniforme do patrocinador usado no dia anterior, em Recife.



Outrossim, informamos que toda atenção de nossos aracnídeos estará voltada a qualquer imagem do apurado Governador de São Paulo bailando com toda a desenvoltura que lhe é peculiar o Rebolation (assista o vídeo do Parangolé e julgue as possibilidades). Ele prometeu: Se for num ensaio, até dá para arriscar, experimentar.
Como se sabe, promessa é dívida.

O Governador de SP garantiu: Não vim para um palanque eleitoral. Vim para curtir mesmo, para brincar.
Alvíssaras!

5 comentários:

  1. hahahhahahha
    o homem vai dançar o rebolation? jura? essa eu num posso perder nem morto!!!! hahahhahahhaha
    namaria num inventa!! o rebolation??? O serra? serrabolation
    hahhahahahahhaha

    ResponderExcluir
  2. Eu ví o video onde ela fala do protetor solar, mas não é pra ele que ela fala, é pro careca ao lado dele, pra ele ela disse que ele estava com carinha de cansado e mandou ele "botar" uns energéticos pra dentro.

    ResponderExcluir
  3. Os aliados do Serra: http://www.youtube.com/watch?v=CRVBdRYgILg&NR=1

    ResponderExcluir
  4. Com ela eu não conheço.
    Mas uma bela musica de
    Aniceto de Menezes e Silva Júnior Dizia ele:
    Se acaso acontecer uma mulher na presidência.É sapiência, é sapiência.
    Voce pode ouvir neste endereço
    http://jaderresende.blogspot.com/
    Abraços

    ResponderExcluir
  5. 28/02/2010 - 09:38 editar post

    TORTURA NUNCA MAIS ?????
    Alunos de seis anos devem ser matriculados na primeira série. Aumentou um ano do sofrimento. Escolas colocam crianças de seis anos em carteiras de adultos, dura e alta por até cinco horas. O processo de ensino e a alegria de aprender tão presente nessa idade é um sofrimento covarde imposto a crianças pobres.
    Para alcançar o caderno elas tem que mal escorar as costas nas mochilas que improvisam um encosto. Os pés ficam dependurados ou cruzados no pequeno espaço duro do assento das carteiras.
    Uma professora conta para o Jornal a Folha que essas crianças coçam o olho que ficam vermelhos de cansaço e outras dormem exaustas da posição desconfortável obrigadas a ficar por horas a fio.
    Nem precisa ser especialista para saber que nessa idade a criança é agitada e precisa de aprender com trabalhos lúdicos e mesmo assim em posição confortável. Que a atençao em um ponto só é conseguida até quinze minutos, depois ela dispersa, descansa e pode até voltar se descansar.
    Nada de brincadoteca, nada de lúdico. Só uma escola dura, cruel, brutal, desconfortável. Carteiras que são instrumentos de tortura.
    Criança não pode se levantar, que a gente sabe que se a professora for do tipo maus bofes, ela pode bater, gritar ou cometer quaisquer violência contra ela sem ser punida.
    Fica a criança também a mercê do humor da professora, que nem sempre é dos bons.
    Se temos educadoras, humanas, e carinhosas, temos verdadeiros animais arrogantes e estúpidas. É um jogo de azar. Quem pegar uma boa professora ainda assim é torturada pela falta de estrutura colocada em carteira de adultos por horas a fio, até a exaustão.
    Esses alunos em uma questão de tempos vão odiar a escola Nem chegaram e já vão odiar. Só de lembrar da escola vão se arrepiar de medo.
    Assim começa a escola pública, nos tenros seis anos dos alunos.
    Escola que o Serra , governador do ESTADO DE SÃO PAULO gasta rio de dinheiro em propaganda para mentir ao Brasil apresentando como ótima. Uma campanha mentirosa e desonesta.
    No pais da TORTURA NUNCA MAIS.
    Em escola pública pode….

    ResponderExcluir